25.12.07

Eis que surge a LUZ...


"A árvore de Natal deve-nos relembrar a Luz que veio ao mundo para iluminar a escuridão de nossos corações". Anónimo

11.12.07

A época de tudo e todos...

www.tableless.com.br





Chegados a esta época especial que tanto puxa por nós, nos mais variados aspectos, resolvi deixar aqui um poema já conhecido mas que gosto sempre que o leio...



Era uma vez, lá na Judeia, um rei.
Feio bicho, de resto:
Uma cara de burro sem cabresto
E duas grandes tranças.
A gente olhava, reparava e via
Que naquela figura não havia
Olhos de quem gosta de crianças.

E, na verdade, assim acontecia.
Porque um dia,
O malvado,
Só por ter o poder de quem é rei
Por não ter coração,
Sem mais nem menos,
Mandou matar quantos eram pequenos
Nas cidades e aldeias da nação.

Mas, por acaso ou milagre, aconteceu
Que, num burrinho pela areia fora,
Fugiu
Daquelas mãos de sangue um pequenito
Que o vivo sol da vida acarinhou;
E bastou
Esse palmo de sonho
Para encher este mundo de alegria;
Para crescer, ser Deus;
E meter no inferno o tal das tranças,
Só porque ele não gostava de crianças.


(Miguel Torga)

Voltarei mais vezes com este tema que, apesar de ser celebrado em Dezembro, deveria ser lembrado e relembrado todo o ano!

25.11.07

Para ser protegida e amada...


"A mulher não foi feita dos pés para ser pisada,

Nem da cabeça para ser superior,

Senão do lado, da costela, para ser igual.

Debaixo do braço para ser protegida,

Do lado do coração para ser amada".


Neste dia Internacional contra a Violência Doméstica deixo-vos este escrito. Tantas mulheres que sofrem esta dura realidade, quando seria tão fácil dar e receber amor! Hoje a reflexão é sobre elas e para elas!

13.11.07

:)


Muito mais importante do que sorrir é fazer alguem sorrir!

30.10.07

Um sonho é...

Há um lugar longe de se ver
Onde o azul passou,
Já conheci e por lá passei,
Onde o sonho andou.
Recordei num abraço o dia.

Faço crescer a vontade só de olhar para trás,
Mas não mudará mesmo o lugar, Só o tempo o faz, vou andar, respirar a vida.


[O sonho vai, o sonho é correr
E mudar sem voltar para, o tempo de amar;
É só deixar o mundo para trás, é só querer.] (Bis)


Solto no ar este meu querer vivo e não mudou,
Cresce o amor sente-se no céu o que já mudou;
Sou um só ser que quer a vida.

25.10.07

Uma frase, um conselho...

"Todos os dias, deveríamos ler um bom poema, ouvir uma linda canção, contemplar um belo quadro e dizer algumas bonitas palavras". Johann Wolfgang von Goethe, poeta, escritor

23.10.07

reflexão...

Tantos porquês... Aqueles porquês... hoje entendi alguns! Nada que não esperasse!



Depois de um fim de semana bem preenchido que alimentou o mais profundo do meu ser volto ao ''mundo real'' dos homens. A vida é assim mesmo.

É um vai e vem que não sabemos quando parará, é um balancé que estão sempre a empurrar, é uma bola que rebola sem fim...

Gosto de ser como sou e ninguém me mudará! E o sorriso no rosto é obrigatório em mim, um compromisso comigo mesma! Mesmo nos piores momentos é necessário sorrir!

17.10.07

Anjos: Porquê


Para aqueles que não conhecem a musica...

12.10.07

Diz-me porquê...

"Nunca, nunca mais chega a noite
em que te vou despertar
nunca mais vou poder esperar
então ver-te a sorrir...

Nunca mais este amor eterno
poderá me tornar
no calor do teu inverno
que te aquece a dormir
eu quero as palavras que me tocam
e me dizem
que sem mim não és feliz

Suave, a tua voz tão suave
porquê
te arrancaram de mim
assim
diz-me porquê
se te esqueceste ou não de mim
porquê
se somos imortais
porque pergunto
não posso mais
eu não posso mais!

Guardo no teu peito a chama
onde irás sempre ouvir
a voz de quem te ama
e que te quer sentir

eu quero o teu corpo que me enche
preenche quem eu só quero tocar

Suave, a tua pele tão suave
porquê
te arrancaram de mim
assim
diz-me porquê
se te esqueceste ou não de mim
porque
se somos imortais
porque pergunto
não posso mais
eu não posso mais..."


Uma canção dos Anjos que tem uma letra muito interessante... às vezes também me pergunto: porquê...

(Será que tu sabes a resposta?)

2.10.07

26.9.07

Batem leve...



"...Batem leve, levemente,
Como quem chama por mim...
Será chuva? Será gente?
Gente não é, certamente...
E a chuva não bate assim..."
Augusto Gil, Luar de Janeiro

Num post posterior explicar-vos-ei estas fotos... :)

11.9.07

Belo...


Uma cópia desta imagem foi-me enviada pela manhã...
São imagens desta beleza que nos fazem sorrir em dias cinzentos e parar em dias agitados! Obrigadoss amigo!
PS: Com arranjos de photoshop ou não, a imagem é muito bonita!

29.8.07

Efeitos de luz...


Uma fotografia é uma pintura dos raios luminosos...

24.8.07

SONIA - o significado...

What SONIA Means?


S is for Sweet

O is for Optimistic

N is for Naive

I is for Irresistible

A is for Astounding

21.8.07

Relação a dois...

"Escolher é difícil, encontrar é sorte, viver a dois é uma arte. O resto, a vida encarrega-se de oferecer… "


Hoje li esta frase acerca do parceiro ideal... Poucas palavras mas com sabedoria!

Pareceu-me bem sensata e resolvi colocá-la aqui para que todos possam ler e reflectir!

13.8.07

Ontem à noite...


A noite de ontem estava fria... Mas, algo de mágico iria passar-se no céu: rastos luminosos poderiam ser vistos a olho nu. Há quem diga que quando se vê uma estrela cadente (pequenos cometas ou meteoros que caem sobre a Terra) se deve pedir um desejo...
Pediram ontem o vosso?

10.8.07

Mesmo isso...


«Cada pessoa que passa pela nossa vida, passa sozinha.

E porque cada pessoa é unica e nenhuma substitui a outra.

Cada pessoa que passa pela nossa vida passa sozinha, e não nos deixa só, porque deixa um pouco de si e leva um pouco de nós.

Essa é a mais bela responsabilidade da vida e a prova de que as pessoas não se encontram por acaso.»


Charles Chaplin



Li esta reflexão e assimilei-a! Por todo o caminho que percorremos na vida, uns companheiros deixam pedacinhos bons ou menos bons, outros levam... Um simples vai e vem... Para lá e para cá...
É a perfeição da vida, senão fosse assim não teria sentido!

4.8.07

Golfinhos...


Que animais magníficos... Estar perto deles foi uma sensação!

24.7.07

Ir...


São os pés que nos levam onde quer que a gente vá... Este é um dos meus... E vai levar-me... ;)

19.7.07

Aprendo a ser FELIZ! Sempre!


Quantas vezes nos vêm coisas à cabeça que não sabemos como nos lembrámos?


Hoje, aconteceu-me isso, e numa simples viagem de autocarro, lembrei-me desta música, que agora partilho convosco.


Andar, nesta estrada,

Por caminhos incertos,

Tão longe e tão perto do que eu quero ser,

Cantar, uma balada,

De sonhos dispertos,

De braços abertos para te conhecer


Mas na verdade estou aqui p'ra te sentir,

Para te ver a sorrir;


Refrão:

Estou aprender a ser feliz,

Aquilo que eu vou ser ningém me diz

A guitarra que só toca por amor,

Não acalma o desejo, nem a dor...


Bem vês, companheira,

Eu parto sozinho, percorro o caminho às vezes sem querer

Talvez, também queira,

Cantar-te sozinho

Dar-te o meu carinho e tudo esquecer


Mas na verdade estou aqui p'ra te sentir,

Para te ver a sorrir.


Pólo Norte



E ao cantarolá-la deixo-me embalar por ela... Deixo-me embrenhar na letra e na mensagem... Começo a reflectir que toda a vida estamos a aprender e o que todos queremos é atingir a felicidade... "Estou a aprender a ser feliz", esta frase aplica-se a qualquer fase da vida... Todos e quaisquer momentos nos fazem parar, aprender e recomeçar e isso é aprender a ser feliz, a dar valor ao que realmente interessa!



Aprendamos a ser felizes, sempre!!!!!

13.7.07

Não esperes!!


Não esperes...
Não esperes um sorriso, para ser gentil…
Não esperes ser amado, para amar…
Não esperes ficar sozinho, para reconhecer o valor de quem está ao teu lado…
Não esperes ficar de luto, para reconhecer quem hoje é importante para ti…
Não esperes o melhor emprego, para então começares a trabalhar…
Não esperes a queda, para te lembrares de um conselho…
Não esperes a enfermidade, para reconheceres quão frágil é a vida…
Não esperes ter dinheiro aos montes, para então contribuir…
Não esperes por pessoas perfeitas, para então te apaixonares…
Não esperes a mágoa, para pedir perdão…
Não esperes a separação, para buscares a reconciliação…
Não esperes elogios, para acreditar em ti mesmo…
Não esperes a dor, para acreditares na oração…
Não esperes o dia da tua morte, sem antes acreditares na vida…
Em vez disso, … sê sempre tu, … autêntico e único!
Bjinhos pra todos e bom fim de semana!

12.7.07

Haja Alegria! :)

"Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da má sorte ou da chuva incessante, desistindo de um projecto antes de iniciá-lo, não perguntando sobre um assunto que desconhece e não respondendo quando lhe indagam o que sabe".

Pablo Neruda

5.7.07

O Desafio

Fui desafiada pelo Hugo :


7 coisas que faço bem: - dormir; ouvir; cheirar; acarinhar; falar (acredito que sim); animar e ser frontal


7 coisas que não faço bem: - desenhar; trabalhos manuais; ignorar; esquecer; comer com pauzinhos chineses; lidar com pessoas intolerantes; "fazer sala"


7 coisas que digo frequentemente: - "ola, tudo bem?"; "só me faltava esta..."; "mais vale só que mal acompanhada"; "cada um tem aquilo que merece!"; "Isto so visto, que contado ninguem acredita!"; "agora é que foi..."; "Oh Meu Deus..."


7 pessoas que admiro: - esta é dificil... Não admiro propriamente as pessoas mas sim, admiro-as pelo seu carácter, pelas suas acções ou simplesmente pelo comportamento/relação que têm para comigo, por isso seria uma indelicadeza nomear só 7... :)


Os 3 seguintes: Rita, Marta, Fábio

2.7.07

A noite mágica de São João na cidade do Porto















Estas são algumas fotos do fogo de artifício deste noite animada! Depois coloco mais para vos mostrar!

22.6.07

Vale mesmo a pena!



Ontem entrei no Rivoli na expectativa de mais um espectáculo com a assinatura de La Feria.

Hoje posso dizer e recomendar a todos quantos tenham oportunidade que se desloquem ao Porto e saboreiem este musical rock. Com vários novos talentos, quer ao nível de vozes, postura, dança e teatro, é admirável a entrega com que aqueles cerca de 40 jovens se manifestam e "encarnam" nas personagens.


É um espectáculo de grande força, com uma história conhecida, é certo, mas que, ao jeito colossal de La Feria, ganha uma nova vida, empurra-nos para "ler nas entrelinhas" e no fim deixa-nos vir embora a reflectir!


Valeu mesmo a pena!

19.6.07

Uma história...


Um dia, o burro de um aldeão caiu a um poço. O animal zurrou fortemente durante algumas horas, enquanto o dono procurava ajuda para o retirar. Não a encontrando, acabou por decidir que, sendo o burro já velho e estando o poço já seco, o melhor era tapar o poço e não valia a pena tirar o burro. Convidou então todos os vizinhos para o ajudarem. Cada um pegou numa pá e começaram a atirar terra para dentro do poço. O burro, ao ver o que se estava a passar, começou desenfreadamente a zurrar. Mas, pouco depois, para surpresa de todos, calou-se, e só se ouvia o som de pazadas a cair. O aldeão, olhando para o fundo do poço, ficou surpreendido com o que o burro estava a fazer. Sacudia a terra que ia caindo nas costas e dava mais um passo para cima da terra. Rapidamente, todos viram com espanto como o burro chegou à boca do poço, saltou por cima dos bordos e partiu...

A vida vai-te atirar muita terra para cima, terra de todos os géneros. O segredo para saíres do teu poço é sacudi-la e usá-la para dares um passo para cima.

Cada um dos nossos problemas é um degrau para subir. Assim, podemos sair dos vazios mais profundos, se não nos dermos por vencidos...

Usa a terra que te atiram, para caminhares em frente!

18.6.07

O tempo

"O tempo que perdeste com a tua rosa é que a tornou tão especial!" (St Exupery)


Hoje apeteceu-me colocar esta citação... O tempo, contra o qual tantas vezes barafustamos, é ele que dá significado às coisas!

5.6.07

Sentimentos

"Somos os nossos sentimentos..."


Li esta citação e fez-me pensar! Fez-me pensar que são os sentimentos que nos colocam o sorriso no rosto ou o retiram de forma brusca... São os sentimentos que nutrimos pelos outros que nos deixam bem dispostos ou mesmo aborrecidos...


O sentimento de amor faz-nos andar nas nuvens e sorrir a toda a gente... A amizade faz com que um banal abraço se torne num grande gesto de confiança e de acolhimento...


Mas a felicidade plena é uma ilusão! São pequeno pedaços das nossas vidas que aproveitamos e encaramos com sorrisos e gargalhadas que se tornam felizes...


E aquelas pessoas que dizem mal de tudo, que se sentem sempre insatisfeitas? Não encontram felicidade em nada, em nenhum momento, só porque aquela porta do coração que diz "aproveitar e valorizar" está bem trancada... E passam a ser pessoas amargas, que com o tempo se tornam frias, até!


"Somos os nossos sentimentos"... Se cultivarmos sentimentos positivos, que nos proporcionem bem-estar e usufruirmos deles para transformar momentos maus em momentos menos bons então, passaremos a encarar a vida com a cara alegre!


Temos de aproveitar e valorizar a vida! E hoje, dia do ambiente, possamos tambem dar o devido valor ao ambiente que nos rodeia e aqueles que nos despertam a consciência ecológica.


Beijinhos!!

1.6.07

Dia Mundial da Criança


Neste dia tão especial soltemos a criança que existe em cada um de nós... Aposto que nos sentiremos mais livres e felizes!

23.5.07

Paciência...

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
A vida não pára


Enquanto o tempo acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora vou na valsa
A vida é tão rara


Enquanto todo mundo espera a cura do mal
E a loucura finge que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência


O mundo vai girando cada vez mais veloz
A gente espera do mundo e o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência


Será que é o tempo que lhe falta pra perceber
Será que temos esse tempo pra perder
E quem quer saber
A vida é tão rara (Tão rara)


Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Mesmo quando o corpo pede um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não pára(a vida não pára não)


Será que é tempo que me falta pra perceber
Será que temos esse tempo pra perder
E quem quer saber
A vida é tão rara (tão rara)


Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não pára(a vida não pára não...a vida não pára)


Achei que seria bonito partilhar esta letra convosco! Ouvia-a pelas vozes de Mafalda Veiga e João Pedro Pais, mas descobri que é de Lenine (cantor e compositor brasileiro).


Vale pela mensagem!


Para ouvir: http://www.youtube.com/watch?v=qEw9H03Ebj0&eurl=http%3A%2F%2Fwww%2Ehi5%2Ecom%2Ffriend%2F19655121%2D%2DPaulinho%2D%2DProfile%2Dhtml

18.5.07

Museus...


Alguém estipulou que o dia 18 de Maio seria o dia internacional dos Museus.

Mas, para nós, comuns mortais, o que é um Museu?

Um sítio bolorento onde não apetece entrar, aquele espaço sombrio que até arrepia ou um local de descoberta, fascínio e forte presença cultural?


Um dia alguém disse que um museu era um retrato vivo da nossa história e da nossa cultura. No entanto, para que possamos sentir isso é necessário que os Museus abram as suas portas e saibam cativar o público demonstrando que não são locais antiquados e que têm muito para ensinar e nos fazer sonhar...

17.5.07

Aveiro - capital da hipertensão




Dizem os entendidos que hipertensão arterial «são todas as situações em que se verificam valores de tensão arterial aumentados. Para esta caracterização, consideram-se valores de tensão arterial sistólica superiores ou iguais a 140 mm Hg (milímetros de mercúrio) e/ou valores de tensão arterial diastólica superiores a 90 mm Hg.


Com frequência, apenas um dos valores surge alterado. Quando os valores da “máxima” estão alterados, diz-se que o doente sofre de hipertensão arterial sistólica; quando apenas os valores da “mínima” se encontram elevados, o doente sofre de hipertensão arterial diastólica. A primeira é mais frequente em idades avançadas.» In:www.portaldasaude.pt


Em Aveiro este dia vai ser assinalado por vários rastreios e campanhas de sensibilização e foi escolhida como capital da hipertensão por ser uma cidade invadida de sal, alusão às nossas salinas. No entanto também nos podemos orgulhar de ser a cidade que disponibiliza as bugas para passeios ao ar livre e promoção do exercício físico!


Em jeito de nota e como curiosidade hoje também se assinala o dia da Internet. Um dos maiores, como direi, vício, talvez(?) dos nossos tempos. O que é certo é que ninguem já consegue viver sem ela. Quer seja no trabalho ou em horas de lazer, para ler as notícias ou para escrever no seu blog, para enviar aquele mail importante ou simplesmente para dizer olá a quem está no messenger... Que belo «brinquedo» nos haviam de arranjar!


É pena que nem todos a saibam usar de forma correcta e a utilizem de forma banal e mesmo ilegal!

15.5.07

Quem sabia?





Hoje é o dia internacional das Famílias.


Poucos o sabem, poucos ligam... Mas para todos poderá ser um dia especial. Se assim o quisermos, claro!


Um dia alguém me enviou um mail dizendo que se hoje eu morresse, amanha o meu patrão arranjaria outra pessoa para o meu lugar, os meus amigos sofreriam mas arranjariam novos amigos, os bancos, associações ou grupos onde poderia estar associada apenas enviariam os pêsames e nem mais ligariam... Mas, a minha família, essa jamais me trocaria!

Acredito nisto e por isso vivo cada dia como se fosse o último com a minha família!

13.5.07

12 de Maio - feriado municipal de Aveiro

(desenho patente em exposição temática sobre Santa Joana)


Em Aveiro ontem foi feriado. Comemora-se o dia da padroeira Santa Joana Princesa, filha do rei D. Afonso V. Recolheu-se em Aveiro no então Mosteiro de Jesus para ter uma vida dedicada à caridade.

Em sua honra a Irmandade de Santa Joana, neste dia, traz à rua a solene procissão que congrega cerca de 300 jovens, com todo o Clero e autoridades civis que se juntam a este acto dignificador de uma cidade como é Aveiro.



hino de Santa Joana

«Oh heróica e Santa Joana,

Que em Aveiro serviste a Deus,

Ensinai-nos o caminho dos céus

Libertai-nos da senda mundana!»

8.5.07

Temos de acreditar!

Hoje deixo-vos um simples mas profundo pensamento:


"As pessoas bem sucedidas nada mais são do que gente que desenvolveu
o poder de acreditar em si mesmas e naquilo que realiza. Jamais se
desvalorize".
David Schwartz

2.5.07

Em plena semana do enterro!


Esta é a primeira semana do enterro que passo sem ser como estudante...



Podem dizer muita coisa mas tudo muda. As pessoas mudam, o espírito muda, o ambiente muda, a correria muda... Só não muda a alegria! Por muito que tente esta semana não tem o mesmo sabor e hoje quis partilhar isto convosco! Enquanto são estudantes aproveitem tudo até ao último momento e com grande intensidade!



A todos aqueles com quem partilhei outras semanas do enterro, outras borgas, aflições e stress de exames, simples amigos e colegas que partilhámos momentos vários, dos que me deram um simples sorriso até aqueles que nunca sairão da minha memória, um simples OBRIGADO! Eu não seria a pessoa que sou hoje se não vos tivesse conhecido!



Beijos para todos!

26.4.07

Ainda o 25 de Abril





Uma das música de intervenção da época do 25 de Abril de 74. É uma letra muito bonita, que realça o valor da amizade e que hoje partilho convosco!





Traz outro amigo também




Amigo

Maior que o pensamento

Por essa estrada amigo vem

Não percas tempo que o vento

É meu amigo também



Em terras

Em todas as fronteiras

Seja benvindo quem vier por bem

Se alguém houver que não queira

Trá-lo contigo também



Aqueles

Aqueles que ficaram

(Em toda a parte todo o mundo tem)

Em sonhos me visitaram

Traz outro amigo também



José Afonso

23.4.07

A menina Noddy









A pedido de várias "famílias"...


Aqui fica um post bem disposto: um bonequito simpático e com umas bochechinhas coradinhas... ihihihih



Só para voces amiguinhos do XXI NN! Beijos para todos.




E lembrem-se sempre: qualquer coisa, eu estou aqui!

16.4.07

Obrigadosss!! XXI NN








Hoje coloco este post para dizer que passei um fim de semana diferente...


Mas não dá para explicar!




Há coisas que não se explicam, apenas se vivem, se sentem de coração aberto!






Esta música pode ser um breve resumo!



"Pode ser que tudo seja em vão


Que nada ganhes com esta ilusão


Mas só vivendo


Poderás dizer que és capaz


Não existem coisas más


Existem coisas menos boas


Pode ser que no Futuro


Te sintas mais seguro


Vive cada dia assim





Cada sonho teu


Pode ser real


Basta acreditar


Não ver só o mal


Cada sonho teu


Depende de ti


Para acontecer





Não tens de provar nada a ninguém


Nem preocupar-te com o que dirão


Pois no final és tu quem vai


Dizer que és capaz


Não existem coisas más


Existem coisas menos boas


Pode ser que no Futuro


Te sintas mais seguro


Vive cada dia assim,








Cada sonho teu


Pode ser real


Basta acreditar


Não ver só o mal


Cada sonho teu


Depende de ti


Para acontecer






Todos os dias são novos


Novos desafios, novas fronteiras


Ultrapassa os teus problemas


Salta as tuas barreiras








Cada sonho teu


Pode ser real


Basta acreditar


Não ver só o mal


Cada sonho teu


Depende de ti


Para acontecer"






Obrigada à GRANDE equipa do NN e aos 52 jovens que nasceram de novo!

13.4.07

NN




Um novo nascer?


Nascer de novo?


Renascer?


Hoje este post é para ler e reler, ler e meditar! ;)

12.4.07

Nevoeiro...


Hoje está um dia cinzento... Um dia daqueles que me colocam pensativa, um nada pensativa...





Por trás do nevoeiro esconde-se o sol, assim também é connosco!Quantas vezes por trás de um sorriso está uma preocupação, uma tristeza, uma angústia?




Gosto de sorrir e faço tudo por estar bem disposta mas há dias de nevoeiro, em que o sol não quer espreitar! Pode ser que até ao escurecer o sol dê "o ar da sua graça"...


11.4.07

Hoje é o dia mundial da doença de Parkinson...





Símbolo da Doença de Parkinson




Nas comemorações do Dia Mundial da Doença de Parkinson, realizado a 11 de Maio de 2005 no Luxemburgo, foi aprovado o simbolo da doença de Parkinson




Não são umas túlipas quaisquer! São túlipas James Parkinson, que no seu esplendor vermelho apurpurado e de bordas brancas, se tornaram o ex-libris de muitas Associações de Doentes de Parkinson.

10.4.07

Vive o dia de hoje!

Hoje estou a pensar no futuro... Vi este texto e achei que ficaria aqui bem para o dia de hoje, já que estou tão ''futurista''...






"Não penses para amanhã.

Não lembres o que foi de ontem. A memória teve o seu tempo quando foi tempo de alguma coisa durar.

Mas tudo hoje é tão efémero. Mesmo o que se pensa para amanhã é para já ter sido, que é o que desejamos que seja logo que for.

É o tempo de Deus que não tem futuro nem passado.

Foi o que dele nós escolhemos no sonho do nosso absoluto. Não penses para amanhã na urgência de seres agora. Mesmo logo à tarde é muito tarde.

Tudo o que és em ti para seres, vê se o és neste instante. Porque antes e depois tudo é morte e insensatez.

Não esperes, sê agora. Lê os jornais.

O futuro é o embrulho que fizeres com eles ou o papel urgente da retrete quando não houver outro."


Vergílio Ferreira, in "Escrever"

9.4.07

Um conto de Páscoa que nos pode fazer pensar! (a mim fez...)


Quando Pedro acordou notou logo que não estava em casa, onde se deitara na noite anterior. Aquilo parecia uma gruta, uma funda e escura gruta. O primeiro pensamento que lhe veio à cabeça foi: "Afinal Platão tinha razão: sempre estamos numa caverna!"

À medida que os seus olhos se habituavam, ia notando que por ali andava muita gente. Depois de interrogar alguns sem obter respostas, uma senhora idosa disse-lhe: "Estás aqui precisamente como no mundo de onde vieste. Um dia aparecestes lá, sem nunca saberes bem a razão! Porque te inquietas?" De uma forma bizarra esta explicação satisfazia-a. E aos outros também.

Toda a gente parecia muito ocupada. Havia que apanhar comida, confeccionar roupas e outros utensílios. Alguns dedicavam-se à recolha de diamantes, que serviam de moeda, outros à produção e manuseamento de cacetes e outras armas.

Pedro achava tudo aquilo surpreendente. Como podiam, sem saber o significado da sua presença ali, acomodar-se e não pensar nas questões decisivas? Talvez fosse isso que ele fizera toda a vida, mas agora, que tomara consciência da sua inconsciência, queria como Platão conhecer a razão da caverna.

De súbito, encontrou a resposta. Ou pelo menos a pista para a resposta. Tudo ali só era possível por causa da luz. Toda a vida da caverna dependia da iluminação mortiça que banhava o local. De onde vinha a luz que os alumiava? Se soubesse a resposta a isso, Pedro sentia que obteria a solução para todos os enigmas. Olhando com atenção notou que era de um corredor, uns três metros acima do chão, que entrava a claridade. Pedro sentiu então que a única coisa que interessava era seguir por ali e encontrar a origem da luz. A luz que dava sentido a tudo o mais. Perto do corredor estava um homem velho, que sorriu quando Pedro lhe explicou o que pretendia. "É curioso que queiras saber de onde vem a luz. Hoje, a maior parte dos que procuram respostas sente-se mais atraída pela escuridão ali do fundo."

"Mas como?", perguntou Pedro. "Que se pode descobrir no escuro? A escuridão não dá respostas." "Talvez", continuou o homem, "mas o mistério da sombra hoje é mais atraente. E tu, que esperas encontrar na fonte da luz?".Pedro confessou-lhe que era cristão. A sua fé ensinava-lhe o que esperar no fundo do corredor. Ele estava convencido de que, se seguisse por ali, haveria de chegar a um túmulo vazio, com "os panos de linho espalmados no chão, e o lenço, que tivera em volta da cabeça, não no chão juntamente com os panos de linho, mas de outro modo, enrolado noutra posição" (Jo 20, 6-7) A porta desse túmulo daria para o Céu.

"Ah! Bem me parecia que o Céu tinha de entrar", riu o homem. "Ainda hoje a maioria dos que querem seguir pelo corredor acreditam nisso. Mas nenhum volta para confirmar que há um Céu. Eu pensei algum tempo como tu, mas acabei por me convencer de que a luz vem simplesmente da rocha. Tenho a certeza de que a luz da caverna está na própria caverna. Não é preciso procurar forças exteriores. Isso é superstição. Como podes provar que existe o Céu e a sua porta no túmulo vazio?"Pedro ficou uns momentos pensativo e depois respondeu. "Não posso provar, como tu não podes provar a existência da rocha luminosa de que falas. Ambos vivemos na fé. A fé a que entreguei a minha vida diz-me que existe o Céu e o túmulo que lá conduz."

"Sim, todos vivemos na fé", respondeu o outro. "Mas a minha fé não precisa de histórias mirabolantes, de Deus criador e redentor. E se é tudo mentira? Já pensaste nisso? E se fazes a viagem sem encontrar nada?", perguntou o homem.Pedro, depois de pensar ainda um pouco, respondeu: "Eu sei que é verdade. A certeza que tenho é bem real. Tenho o testemunho de milhões de santos que, entregando-se totalmente à luz do túmulo vazio, não só transformaram o mundo mas, mais importante, viveram vidas felizes e plenas. Essa é a minha certeza, que já começo a sentir na própria vida. Uma certeza muito mais valiosa do que qualquer prova que possas invocar."

"Mas, mesmo que fosse tudo mentira", continuou Pedro, "duas coisas não posso negar. Primeiro, a minha ânsia por essa luz. Toda a minha existência exige que procure a fonte da única coisa que lhe pode dar sentido. Além disso, a segunda verdade inegável é que não posso imaginar outra forma de viver que responda melhor à minha busca de felicidade. Mesmo que não chegue ao Céu, amar a Deus e ao próximo é a melhor forma de viver na Terra." E Pedro trepou para o corredor.

(João César das Neves)

http://www.dn.sapo.pt/2007/04/09/opiniao/conto_pascoa.html

7.4.07

Coelhinho da Páscoa, o que trazes pra mim?




Eu trago em meus achados e perdidos
A paz que anda nas calçadas sem fim,
O amor desencontrado pela solidão,
A esperança anunciando um rumo a seguir;
Coelhinho da páscoa, o que trazes pra mim?

Eu trago em meus achados e perdidos
O sorriso puro da criança,
O gesto caloroso do amigo sincero,
A clareza dos sentimentos entre as pessoas;
Coelhinho da páscoa, o que trazes pra mim?

Eu trago em meus achados e perdidos
A solidariedade presente em cada coração,
O respeito pela vida reverenciado em cada ser,
O carinho das mães pelos filhos;
Coelhinho da páscoa, o que trazes pra mim?

Eu trago em meus achados e perdidos
As orações diárias de milhões de pessoas,
O desejo de harmonia, compreensão e paz,
O prazer para que o dia seguinte seja muito melhor;
Coelhinho da páscoa, o que trazes pra mim?

Eu trago em meus achados e perdidos
O ovo de chocolate simbolizando a fartura,
A compreensão entre os povos,
As palavras de Fé em Deus;
Coelhinho da páscoa, o que trazes pra mim?

Eu trago em meus achados e perdidos
Um minuto de silêncio com um pedido,
Que as pessoas se encontrem no amor e na Fé,
Que se respeitem não só na PÁSCOA, mas a cada dia.

autor desconhecido

5.4.07

Hoje é dia de amêndoas!


Se é tradição ou não, não sei, mas hoje é dia de receber amêndoas!
Pelo menos em minha casa é assim... Em domingo de Ramos colocamos na lapela dos homens da família, um raminho de alecrim como que a ''pedir'' amêndoas... E eis que no dia de hoje são dadas às mulheres da família as amêndoas pedidas!

Não importa se são de chocolate, açúcar, cacau e agora mais modernas que de amêndoas só têm o nome e vêm recheadas de chocolate, pinhões, amendoins ou licor...
Eu cá gosto mesmo de amêndoas, a cobertura fica ao gosto de quem oferece... Mas o chocolate sabe sempre bem!!

4.4.07

Renasceu!

Hoje este blog renasce! Ganha uma nova vida!
Irá resistir aos contratempos da vida e ao stress do quotidiano.

Sejam benvindos todos aqueles que quiserem apenas ler, reler, visitar ou até comentar este meu simples blog, mas que é meu!

Vão "cuscando" porque haverá novidades brevemente! Não prometo que seja todos os dias... Mas muito frequentemente!

Até breve!