30.3.12

Março, marçagão...

Em reta final para este mês que costumo dizer ser o ''mai lindo'' do ano!




31 dias de plenas horas que me envolveram em ritmo alucinado, normalmente em quaresma. 31 dias de tempo bom, e este ano otimo. Dias que anseiam dia da mulher, dia do pai, chegada da primavera, aniversário e feira de março.




Este podia ser mesmo o número de março: um verdadeiro 31. Acho que aconteceu de tudo por estes lados da capital e este tempo forte que queremos uma nova versão de nós próprios marchou a batida alterada.




Valha-nos os encontros à volta da mesa, quase entre desconhecidos mas unidos em missão. Valha-nos o sentido de comunidade que presenciámos de forma tão especial!

Valha-nos a serenidade escondida lá no fundo, em reserva, valha-nos os alentos vindos de fora e valha-nos o bom humor que cultivamos a cada minuto.




Desabafos... simples coisas escritas para aliviar os dedos, a alma e o coração. No próximo domingo celebra-se a juventude e é domingo de Ramos. Há dois anos estava em Roma e o sabor mantem-se!


Com este dia inicia-se outro mês, que não é mentira! E a semana santa. E a festa da Páscoa está próxima! :)

8.3.12

Ser mulher...

Neste dia dedicado a todas as mulheres! :)




Ó Mulher! Como és fraca e como és forte!

Como sabes ser doce e desgraçada!

Como sabes fingir quando em teu peito...

A tua alma se estorce amargurada!


Quantas morrem saudosa duma imagem

Adorada que amaram doidamente!

Quantas e quantas almas endoidecem

Enquanto a boca rir alegremente!


Quanta paixão e amor às vezes têm

Sem nunca o confessarem a ninguém

Doce alma de dor e sofrimento!



Paixão que faria a felicidade.

Dum rei; amor de sonho e de saudade,

Que se esvai e que foge num lamento!





Florbela Espanca - Trocando olhares