12.10.10

Embalei-me...

Na vinda no autocarro deparei-me com uma frase: "acabem com os relógios e inaugurem o tempo"... Fez ricochete por esta cabeça e parei uns segundos. Foi o que fiz nesta semana que passou e nem me apercebi!

Uma semana muito bem preenchida, onde as experiências deixam a sua marca... A passos lentos, molhados, mas sentidos, peregrinei... Já não o fazia há cerca de 2 anos e soube-me bem! =)

O altar do Mundo estava de braços abertos para me acolher e o tempo parou, foi só meu. O turbilhão de sentimentos, angústias e receios deram lugar a muitos sorrisos e serenidade que depois me inundaram.


Regressei depois para o embalo... deixei-me embalar nas surpresas, no cheiro a maresia, nos novos sabores, novas paisagens e novas caras...

Embalei-me no descanso e desfrutei das maravilhas. Embalei-me na música e deixei-me ir a rir...


Parei o relógio mesmo! E arranquei com um tempo novo... as férias servem mesmo para isso! =)

Já de regresso o céu lançou um presente... entre nuvens cinza e azul surgiu um misto de cores, brilhante e completo: o arco-íris vislumbrava-se ao olhar de quem passava. Parei. Observei.

Tentei olhar como aquela miúda pequena e corada que olhava para o "céu com cores"... E desejei que cada dia também fosse um pouco de cor e de céu!

2 comentários:

Martinha disse...

Era uma experiência dessas que gostava de voltar a viver proximamente. São momentos em que o tempo é sinónimo de calma, paz de espírito e bem-estar, apesar das bolhas e do cansaço que possa aparecer. :)

Beijinho *

cathy disse...

Vês? Vês? Eu visito-te!!!LOL
Vês? Vês? O embalo fez-te bem!!!E não vês... mas fiquei feliz por ti:)