8.2.10

(En)Cont(r)ar

O fim-de-semana foi embalado por conversas ao telemóvel com vozes familiares que já não ouvia há muito... fazem-me sorrir e aconchegar no meu mundo.

Outra voz que me atirou bem contra a cadeira... a voz de Carminho, ao vivo e a cores, que me fez transportar pelos trilhos do fado, num ritmo de verdadeira alfacinha. Gostei! Parabéns ao teatro aveirense pela iniciativa!

E o dia de sábado marcado pela queda livre de aventuras, desde a festa do livro ao passeio na cidade, à conversa com desconhecidos ou em telefonemas inesperados, dos encontros a um jantar com delícias de jovens, palavras sábias e sorrisos de encantar...

São dias preenchidos de tudo e de nada que vou valorizando a cada dia da minha existência... E agora recordo que me perguntavam há dias porque escrevia no meu blog certas coisas... estas podiam ser umas delas... apenas escrevo para aliviar os pensamentos, para que fique escrito em algum lado se alguém quiser ler e já que podem ler, que ao menos vos faça pensar e olhar para trás valorizando cada minuto e cada segundo em que são acompanhados por sorrisos de vida!

2 comentários:

Celinha 007 =) disse...

Porque este escrever aqui é algo bom que alivia e perdura os momentos. Não tem que ter mais motivos. =) Gosto de te ler... Um beijinho*

Patricia disse...

sao dia e momentos com este que viveste que dao mesmo alento e sentido a vida nao e???

como eu adoro dias assim :)